Dieta do jejum intermitente

0
161

A dieta do jejum intermitente é muito conhecida pelas pessoas que fazem parte de circuitos de atletas e com isso, acabou ganhando mais espaço entre as pessoas que procuram alguma maneira de emagrecer com saúde e em um tempo menor que os demais.

E para que você tire todas suas dúvidas sobre o assunto, preparamos esse artigo com tudo o que precisa saber sobre a dieta jejum intermitente e quais os alimentos que ajuda a emagrecer com saúde.

Você sabe o que é a dieta jejum intermitente?

Como o próprio nome já fala, essa dieta é de um jejum que não é interrompido, alterando certos períodos de jejum com os períodos de alimentação. Se levado ao pé da letra, essa dieta do jejum intermitente é mais considerada como um novo cronograma de alimentação, pois o que manda mesmo não é o fato de não poder comer certos alimentos e sim se alimentar nos horários corretos e mantê-los. A seguir temos alguns métodos famosos do jejum intermitente:

Método 5/2:  Nesse caso, a ideia principal é que reduza o consumo de calorias para o máximo de 500/600 por dia no período de dois dias por semana, não precisando que os dias sejam seguido, podendo ser separados, mas nos outros dias pode se alimentar a vontade, sem muitos exageros.

Método 16/8: Nesse caso será alternado 16 horas de jejum e com uma janela de 8 horas para que você possa estar comendo. Resumidamente, esse jejum corresponde ao tempo de sono de noite que precisa ter, com o acréscimo de algumas horinhas. Por exemplo, você pode pular o café da manha e só fazer a primeira refeição ao meio-dia e continuar comendo até as 20 horas.

Método coma – pare – coma: Esse é o tipo de jejum que deve alternar dias de jejum e dias que pode se alimentar. Basicamente você poderá comer o que quiser durante 24 horas e o dia seguinte precisa ficar sem comer nada e repita isso uma ou duas vezes na semana. Única coisa que é permitido consumir nesse dia todo sem nada de alimento no estômago é o café e chá, ambos sem açúcar.

Quais os resultados que essa dieta do jejum intermitente traz para o corpo?

Quais os resultados que essa dieta do jejum intermitente traz para o corpo?
Quais os resultados que essa dieta do jejum intermitente traz para o corpo? (Foto: Divulgação)

Esse tipo de dieta não é daquele tipo que restringe o consumo de calorias e pronto, ele também afeta nossos hormônios, para que consiga estar fazendo nosso corpo usar todo nosso depósito de gordura acumulada com muito mais eficiência. Algumas dessas mudanças são:

  • Se você estar constantemente lutando contra a balança, esse jejum aprimora a sensibilidade à insulina, e quando os níveis de insulina são menores isso quer dizer que ocorre a melhor queima de gordura em nosso corpo. Quando ocorre o contrário disso, quer dizer que você tem resistência a insulina, dando maior facilidade para o ganho de peso e o acumulo em certas regiões de gorduras.
  • Existe uma elevação de um hormônio do crescimento, mais conhecido como o HGH, fazendo com que ocorra a aceleração na queima de gordura e no ganho de músculos. Curiosamente, esse hormônio é muito conhecido por grandes atletas, aqueles que foram pegos em uso anti-doping em olimpíadas, por exemplo.

Como esse jejum pode me ajudar a perder peso?

Como esse jejum pode me ajudar a perder peso?
Como esse jejum pode me ajudar a perder peso? (Foto: Divulgação)

Quando se pula alguma refeição e o consumo de calorias cai muito, perder peso é uma das consequências mais certas que pode imaginar. O que diferencia muito das outras dietas é que esse jejum não fala qual são o tipo de alimento que você deve comer e sim os horários que não deve comer nada. Mas é claro que não vai se matar de comer lanches gordurosos cheios de frituras e gorduras e no dia seguinte, fingir que nada aconteceu não comer nada e ainda querer resultados. Não é assim que funciona.

Que maneira saudável pode combinar o jejum com atividades físicas?

Para que você realmente consiga estar perdendo peso, é importante que consuma o quanto menos puder de calorias e para que consiga estar mantendo a massa muscular é preciso que você inclua mais treinos que envolva força e com muita proteína em sua dieta.

Quais as pessoas que não podem fazer esse tipo de jejum?

Pessoas que possuem ou que sejam:

  • Hipertensão
  • Câncer
  • Diabetes e quaisquer outras doenças metabólicas
  • Distúrbios alimentares
  • Crianças
  • Lactantes
  • Gestantes
  • Maiores de 60 anos.

Importante estarmos lembrando que é preciso que você passe por uma consulta com um médico especialista na área para que possa estar orientando qual tipo de alimentação é o ideal para o seu organismo com o intuito de emagrecer com saúde, mesmo que seja apenas um jejum. Portanto, não faça nada sem a orientação de um profissional.

Veja outros artigos que, com certeza irão te interessar:

Últimos posts por Julia Dias (exibir todos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui